12 Coisas fáceis que você pode fazer para melhorar seu dia.

01
foto

Você provavelmente já teve um dia daqueles, né?
Ou você acorda e nada da certo, no fim do dia você está um trapo, ou então é tão automático que você tem tempo para tudo -afinal sua agenda está cheia de compromissos, (que maravilha!) -, menos para você mesmo.
Não tem como escapar dessas situações sempre, mas é claro que tem como amenizar, afinal se a gente deixa a vida acontecer e não cuidamos de nós mesmos, a longo prazo, afeta nossa saúde e bem estar. Então hoje tem algumas dicas super possíveis de superar esses dias e melhorar sua energia para que você possa se sentir melhor hoje e os próximos dias.

1.Se comunique com amigos e pessoas queridos.

Sei que o dia pode ser corrido, mas sempre tem 5 minutinhos para uma chamada rápida ou o velho truque whatssap. Diga oi, pergunte o que está acontecendo ou deseje sorte em um projeto ou evento importante.

”Alguns minutos de conversas ocasionais com alguém que você gosta, eleva sua energia sem prejudicar seu tempo.”

2. Organize seu espaço.

Parece uma tarefa assustadora e chata, mas vamos enfrenta-la! Organizar um espaço onde você gasta a maior parte do seu tempo (seja em casa ou no trabalho) te da inúmeros benefícios emocionais, mentais e de quebra ainda fica esteticamente lindo! Se você não deixar acumular muito tempo de bagunça, essa arrumação pode ser bem rapidinha e como todo esforço, o resultado é positivo! Livre-se de tudo aquilo que não faz mais sentido e que esteja encostado. Uma coisa é certa: sua energia fica renovada!

3. Olhe as pessoas nos olhos quando você fala.

Eu não tinha me dado conta de como isso é muito importante até ir na dermatologista e toda pergunta que ela me fazia, fixava os olhos para baixo (não faço ideia do que tinha embaixo da mesa, que era muito interessante) e dava uma espiadinha para ver minha resposta e em seguida abaixa a cabeça de novo.
Contato visual é importante tanto na hora de falar, quanto de ouvir. Ele cria confiança e promove uma conexão durante as pessoas durante a conversa.

”Isso também faz com que você pareça mais confiável, auto consciente e seguro de si mesmo.”

 

4. Pratique a auto-bondade.

Observe seus hábitos. Pense como seu comportamento e pensamento está influenciando na sua vida, e se você se deparar com alguma situação que não te agrade, seja sincera e empática com você mesmo e tente tranformar. Isso pode mudar muito nosso dia. Se de a gentileza e o cuidado que merece, pode ser algo simples com um elogio de manhã (caso você não esteja acostumada, coloque um post-it no espelho do banheiro) ou invista seu tempo em relaxar sozinha, lendo um bom livro e um copo de vinho no seu sofá!

5. Mantenha um diário de gratidão.

 

Não tem jeito, a melhor maneira de atrair coisas maravilhosas, é focar nas coisas que já estão dando certo. Anote três coisas que você agradece no dia de hoje, desde as coisas simples como respirar, estar se sentindo bem ou coisas grandes como conquista de um novo cargo, um bem material. Tudo é valido, enxergue o que está dando certo e agradeça! Se concentre no que você tem, simples assim…

6. Faça a sua cama quando você acorda.

Demora 2 minutos (eu cronometrei.) e seu dia começa com uma energia muito mais produtiva. Alem do mais, o sentimento que da de prazer a noite quando você for dormir deixa seu sono muito mais gostoso.

7. Leia um livro em vez de navegar no seu telefone.

Minha mãe já dizia, ler livros tem muito mais beneficios que internet (apesar de internet ser bemmm legal). É uma atividade diferente e pode ajudar sua mente a ficar mais calma, presente e concentrada. Caso você não tenha um tempo especifico que possa se dedicar a leitura, qualquer fila e sala de espera é sempre bem vinda para devorar um livro, por isso tenha um sempre em mãos.

8. Diga “por favor” e “obrigado” – e queira dizer isso.

Maneiras básicas para boa convivência são de longe a melhor forma de criar um ambiente positivo. Ser amável e sincero é importe. A bondade genuína é a que você receberá em troca. Por exemplo: Segure a porta para um estranho, agradeça as pessoas por seus esforços, diga “por favor” quando você pede seu café da manhã, ”obrigado” e sorria. Ser educado não é ser falso!

9. Concentre sua atenção na tarefa em questão.

Mil e uma coisas para fazer ao mesmo tempo não é sinônimo de produtividade. Normalmente concentrar-se em uma tarefa por vez tem um efeito mais garantido e positivo. Quando temos muita coisa para fazer e não sabemos por onde começar (e terminar) somos mais propensos a ficar estressados no meio do caminho. Respire fundo e se concentre em uma coisa, evite distrações, tipo celular enquanto estiver montando um projeto. Não tenha medo de pausas, caso você não esteja conseguindo ser produtivo. O resultado? Você será 10 vezes mais produtivo e se sentirá menos disperso no processo.

10. Pense antes de falar.

Meu mantra é: As palavras tem poder. Então quando você estiver muito nervosa a ponto de não conseguir controlar o que pode sair da sua boca, se afaste da situação e respire. Conversar em um momento que estamos mais conscientes evita suposições injustas ou julgamentos sobre as pessoas. Se questione se o que você vai dizer as pessoas é verdade, é gentil e é necessário? Se sim, ainda assim, existem jeitos de falar, ser sincera não é sinônimo de grosseria.

11. Elogie livremente.

Sim, elogie. Nós precisamos mudar essa ideia de que elogio serve para deixar as pessoas metidas, não é não. Elogiar as pessoas, além de deixa-las feliz, vai elevar sua energia. Nós precisamos e devemos nos sentir valorizados, respeitados e amados. Não tenha medo de falar que gosta da roupa de alguém ou como admira seu senso de humor, deixe as pessoas saberem como você admira e se sente bem perto delas.

”Compartilhar seus pensamentos gentis é a maneira mais fácil e rápida de impactar positivamente o dia de alguém.”

12. Tenha mais tempo para as coisas que você ama.

Eu sei muito bem que a vida pode ser corrida, mas se permita ter brechas na agenda para praticar atividades que você gosta, se permita explorar suas paixões, sem medo. Pode ser tão simples como tomar café da manhã lendo jornal. Seja la o que for, viva a sua vida de maneira mais especial possível. Experimentar coisas que você ama e tem vontade de conhecer além de trazer mais alegria, gera uma sensação de satisfação. Fazer coisas que te tragam valor e significado tornam sua vida mais bonita e fica mais fácil lidar com os desafios e dificuldades que apareçam.

E você, quais as pequenas mudanças que você faz para melhorar sua vida no dia-a-dia? Compartilhe conosco nos comentários! 

FED UP

 

Fed Up é um documentário lançado em 2014 e tem na netflix. Mas confesso que até então não tinha dado bola – ou ouvido falar e me interessado falar e acho que muita gente também.

”Fed up aborda a questão do consumo exagerado do açucar e a consequente empidemia da obesidade mundial.”

Esse documentário desmascara vários mitos da alimentação e não culpa somente a gula e o sedentarismo pelos altos índices de obesidade, principalmente na infância. A culpa é também do governo que não se atenta a isso como deveria e a industria alimentícia se aproveita. A ideia das empresas nesse ramo – segundo o documentário – é atrair as pessoas cada vez mais cedo para que possam se tornar eternos ”clientes fieis”.
Eu confesso que relutei muito para ver esse documentário, mas achei bem esclarecedor… E nós como consumidores de alimentos processados, deveríamos consumir esse documentário (e outros desse tipo) para mudarmos e melhorarmos nosso relacionamento com os alimentos e óbvio as consequências disso.

O fato é que vivemos no automático e a gente não para para consumir informações importantes, como essa. Achei bem tranquilo de ver, mesmo que a gente relute (principalmente por nós que temos um paladar mega infantil), é um documentário que esclarece muitas coisas… Espero mesmo, que quem não tenha assistido, não resista, e se alguém já assistiu, mudou a vida de vocês? Bom, eu vou ver como vai mudar a minha e volto a falar sobre isso… 

 

Desafio 30 dias: Meditação (3 semana).

tumblr_n45ryzmCqV1shcqiqo1_500

 

A primeira e a segunda semana de meditação, estão disponíveis já. Vem acompanhar minha saga… 

14 dia: não meditei, de novo.  Eu sei, deveria ter vergonha na cara e parar de dar meus escapes!

15 dia: Chegamos a metade do tempo, com apenas 2 furos, então no balanço geral estou indo bem. Hoje a meditação foi maravilhosa, primeiro porque finalmente melhorei e estou no meu estado natural de bem estar. Consegui me concentrar e respirar profundamente, como minha meditação é guiada, consegui seguir certinho e não me perdi nos meus pensamentos ou sei lá o que (o que acontece muito tá?), mas mudei a meditação, agora são 20 minutos e outro texto! Depois se vocês quiserem posso indicar algumas das meditações.

16 dia: Ontem depois desse belo discurso, cometi a gafe de novo e não meditei. Que essa seja a ultima vez.

17 dia: Não preguei o olho a noite, mas quando foi de manhã cedinho, meditei, consegui me concentrar, mas não aconteceu nada demais, nenhum insight durante a meditação, foi normal. Tava um pouco cansada da insonia.

18 dia: Acordei sem tempo, então tive que sair correndo bem cedinho porque tinha um compromisso, mas voltei e fiz uma meditação rápida, de 5 minutos, só para não ficar em haver de novo. Mas confesso, que 5 minutos para mim, não da efeito.

19 dia: cumpri minha obrigação, logo cedo e foi bom, a melhor dos últimos dias. Tive concentração e o resultado foi positivo.

20 dia: Finalmente consegui a concentração que eu gosto. O resultado que me deixa aliviada e o dia bem bom. Estou me esforçando, confesso que tem dias que da preguiça e que manter o habito as vezes é dificil, mas dias como hoje, fico bem feliz.

Já ia me esquecendo: Conclusão da semana. Consegui manter firme na prática, mas tive alguns desvios, acordei mais cedo e essa semana estava bem melhor, apesar da insonia. Já tive semanas melhores e resultados melhores, ainda assim fico orgulhosa e aliviada de não desistir. 

Fotografia – O curso.

Depois de 2 faculdades (uma incompleta), alguns anos de escritório, salários desproporcionais, um relacionamento finalizado e uma vontade louca de me reconhecer, resolvi atender algumas solicitações do passado para matar algumas lombrigas e fechar (ou começar) alguns ciclos.
Me matriculei em um curso rápido de fotografia. 2 semanas para ser mais exatas. Por alguns anos eu tive adiando isso porque não sei piscar. Como manusear uma maquina sem saber piscar? Bom, resolvi enfrentar meu dilema e foram dias de muito aprendizado e felizes, eu simplesmente me senti renovada e com uma força louca para enfrentar o mundo. Eu irei para segunda parte desse curso, porque a principio: é uma paixão a ser explorada. E deixo aqui os primeiros registros desse novo hobby (e quem sabe, meu novo ganha pão).

fotografia 03 120fotografia 03 169fotografia 03 123fotografia 03 137fotografia 03 126

Pra resumir: Não tenha medo das dificuldades, as coisas que você faz e não dão certo: serve de experiência.
As coisas que dão certo: são possibilidades maravilhosas. 

ps: Um beijo e um obrigada imenso a minha irmã que cedeu seu tempo para ser minha modelo e meu incentivo! 

Não planeje sua vida como se planeja um prédio

b8df0d6600b48716255fa936a87b8c14foto pinterest.

Sempre quando encontro meu pai ele me pergunta: ”E ai qual o plano para sua vida?” Eu sempre respondo ”deixa a vida me levar, vida leva eu”. Mentira, não respondo assim, porque não quero que ele tenha um ataque do coração (mas minha mente não tem papas na lingua). Nós somos dois extremos: Ele quer que eu planeje a vida como se planeja um prédio e eu sou impulsiva além da conta.
Não, pelo amor de deus, não seja tão louca que nem eu de deixar a vida te levar para onde ela quiser, o poder é seu. Mas também não seja tão presa a agenda a ponto de não poder respirar nos intervalos. A beleza da vida (também) acontece nesses intervalos, isso eu posso dizer com certeza.
Sempre quando pergunto a alguma amiga como ela está a resposta é sempre a mesma: Corrida! Bom pra começar preciso dizer que vida corrida não significa vida boa e feliz, necessariamente. Aliás como reclamam! Pra finalizar queria dizer as minhas amigas: se sua vida está corrida, você está cheia de novidades, então pelo amor de deus, compartilha! Vou amar saber e comemorar/chorar junto.
No meu caso: Estou bem e cada vez melhor, obrigada por perguntar.
Ps: Estou fazendo as metas e estabelecendo objetivos, mas tenho uma queda irresistível pelas brechas da minha agenda.

2 filmes (romance) para assistir.

Domingo passado foi uma mini maratona de filmes, mas já aviso: finais surpreendentes. O fato é que que isso não impede os filmes de serem lindos e inspiradores, ainda que a história seja clichê, vale super a pena… Ambos são baseados em livros!

SUÍTE FRANCESA 

É um drama romântico que se passa na época da segunda guerra mundial, durante o primeiro ano da ocupação alemã na frança,  baseado no romance homónimo de Irène Némirovsky. O filme se trata de um romance entre uma francesa e um soldado alemão. Parece bobinho, mas toda produção  vale a pena (amo filmes mais antigos, eles tem uma beleza unica.)

O MELHOR DE MIM

Um casal se apaixona na adolescência e apesar de viverem realidades muito diferentes, vivem aquele romance que você quer um igual, mas são separados pelo destino e se reencontram 20 anos depois, o que traz à tona todos os sentimentos que ficaram presos no passado. O final é surpreendente.

 

Desafio 30 dias: Meditação (2 semana).

Se você quer saber um pouco mais sobre o começo desse desafio e a semana anterior, vem aqui que está tudo explicadinho!
Hoje divido como foi minha segunda semana nesse desafio e confesso foi mais dificil que a primeira. Quando a gente começa a meditar precisamos enfrentar alguns sentimentos e situações que provavelmente não estávamos afim de lidar, mas não tem jeito, é tapa na cara e se você não enfrentar as coisas, sua energia não flui e a meditação fica mais dificil, então essa semana me vi nessa situação… E fiquei doente, resfriada… Ou seja… Foi de fato desafiadora, mas no fim, me mantive (tentei estar) firme no objetivo e pelo menos reservei o tempo para me dedicar a isso (excesso pelo nono dia.)

3c3b839ab2797455573c97e892efbc07foto

8 dia: Meditei, por 10 minutos… Depois simplesmente não consegui mais, não teve jeito, o dia não tava bom (mesmo que meditação ajude a melhorar) esse foi um dia que parei pela metade e não voltei.

9 dia: não meditei. Sem filtro e desculpa… Não dei a devida importância e o dia passou.

10 dia: Acordei um pouco ruim – começo de gripe, acredito eu. – meditei, mas não consegui ficar quieta, então obviamente não tive o melhor resultado na concentração, mas persisti e fui até o final.

11 dia: Ainda não me sinto na melhor forma, mas meditei assim que acordei. Isso é bom, porque não tive estímulos externos, mas essa semana está meio complicada devido a essa gripe e mal estar, então minha concentração não está das melhores, mas sigo tentando.

12 dia: No geral, foi a melhor meditação da semana até então, fiz uma meditação guiada diferente da que eu sempre faço, acho que estava precisando, porque me concentrei bem e o resultado foi bem relaxante.

13 dia: Finalmente consegui me concentrar. Voltei a minha meditação frequente… E consegui um bom resultado, fui interrompida duas vezes durante a meditação, uma pelo aspirador, outra porque meu telefone tocou (eu ouço as meditações pelo meu celular), mas no geral consegui uma boa concentração e um estado de relaxamento aceitável.

Essa semana foi bem desequilibrada, confesso: fiquei resfriada e até ontem estava mais pra lá que pra cá, por isso inclusive o blog ficou parado, a cabeça não funcionou e estou tentando alinhar tudo novamente (espero que não tenha nada a ver com o inferno astral e semana que vem volte tudo ao normal.) Mas vamos que vamos!!!!!