Decorar – 7 dicas para começar.

Eu vivo falando por aqui que decoração que faz a gente derreter é aquela que a gente olha e fala: ”meu deus, é a sua cara e como gosto muito de você, me sinto em casa na sua casa…” Mas dai aposto ai que você anda se perguntando como é que faz pra descobrir como seria a casa com a sua cara e a resposta é simples: se conheça. Mas como nada é tão pá pum assim vou te ajudar com algumas dicas para você se guiar e fazer da sua casa seu espelho.

a7512612cbc15ad80591592f2de8cb04foto

1- Quem você é = é o que você gosta. 

A unica coisa que você precisa saber é quem é você nesse mundão de meu deus. O que você gosta e quais sentimentos você tem. Por exemplo: se você é um viajante nato, enfeite sua casa com as viagens que você faz, você pode refletir isso em objetos, fotografia, etc. Se você é hiper, mega, ultra família, você precisa daquele móvel artiguinho da sua tataravó que representa a família para você. Aquilo que você gosta, tem sentimento, fala por si só.

2- Qual seu estilo de vida. 

Bom, é importante a casa ser sua cara, mas ela precisa funcionar (por isso tem a nossa série guia básico para decorar, aqui no blog.) É importante que seus gostos sejam alinhados a sua vida, você é caseiro, viajante, recebe muitos amigos? Tudo isso tem que levar em conta.

3- Você é neutra ou colorida?

Quer saber como? Se olhe no espelho, suas roupas refletem exatamente quem é você na paleta de cores, é claro que da pra brincar com cores e texturas. Eu gosto mais da base neutra com detalhes coloridos e textura, é mais fácil de mudar a longo prazo, lembrando que para uma parede rosa pink virar branca de novo é trabalho para caramba hein. Se quiser se jogar nas cores, tenha certeza que essa é você e não só uma fase. Caso seja uma fase, se joga nos adesivos e tecidos. (Acho que vou fazer um post especifico para transições temporárias.)

4- Tendências. 

Serve para você ter ideia do que está na moda, não é pra mudar a sua casa toda vez que uma nova tendencia se instala. A melhor tendencia é você e sua evolução. Olha só, se você pesquisar tendencia é justamente aquilo que reflete o comportamento e a evolução das pessoas, se você mudar sua casa muda automaticamente. ps: Gosto muito das tendencias sustentáveis, não tem jeito melhor de ajudar o mundo.

5- Se inspire. 

Pinterest e instagram estão ai para isso, quer ideias se joga nessas plataformas, a gente tem que se inspirar, e sei que é dificil a gente não fazer uma cópia barata, mas abre a cabeça para o mundo das inspirações e pega o que de fato serve para você.

6- Barato ou caro?

Olha, a mistura é a ultima tendencia. Não se preocupe em ser uma peça de designer ou de brechó: o que interessa é que você goste, caiba na sua casa e importante que essa salada mista toda se comunique, ainda que seja muito diferente.

7- Que regra seguir? A SUA.

Não se apegue as dicas das revistas, a unica coisa que importa é quem você é e que casa você quer morar. Isso é: invente moda mesmo.

8- Na dúvida, tenha paciência.

Ou invista pouco dinheiro. Gente na duvida espera para ver se não é calor do momento, se aquilo realmente tem a ver com você e faz parte de quem você é. Espere, tenha paciência, pesquise. Se alguma coisa permanece na sua lista de desejos muito tempo, essa coisa vale a pena, caso contrário pode ser caso passageiro.

Guia básico para decorar – Lavanderia.

Preciso falar uma coisa antes de inciar esse post, se você quer guiar sua obra a palavra chave é: teste tudo! Fita crepe/adesiva e trena são suas aliadas indispensáveis nessa jornada.

12foto

Ta ai um ambiente que fica meio esquecido na casa, o negócio é colocar uma porta e esconder tudo… Ou pensar um pouquinho como resolver esse cantinho da melhor forma possível.
Lavanderia é um porta entulho maravilhoso, mas que com um pouquinho de atenção a gente faz dela uma coisa mais agradável aos olhos, ainda mais nessa onda com tudo integrado.

22foto

Não tem jeito (a não ser que você queira enfrentar uma reforma gigante) tudo gira em torno do ponto de água da maquina e do tanque. Encaixado esses dois itens principais a dica é: abuse de armários e prateleiras, por mais que eu ache que a móveis planejados deixam a casa com cara de não me toque, na lavanderia o melhor é abusar desse item para ficar muito mais funcional no dia a dia.
A gente precisa guardar, balde, vassoura, pano, produto de limpeza, ferramentas, aspirador de pó e etc. Ou seja é muita coisa pra se pensar, normalmente uma marcenaria já está acostumada com as medidas desses objetos comuns, mas você precisa ter em mente o que vai colocar no ambiente, e caso tenha algum tamanho especial, não esqueça de passar pro profissional.
Gosto de prateleiras ou nichos para deixar os produtos de limpeza que a gente usa mais a mão, ainda mais se a lavanderia for pequena, muita porta as vezes mais atrapalha que ajuda.
Caso seja possível e você tenha espaço, colocar um tamponamento na maquina é uma ideia boa, no dia-a-dia pode ser usado para passar roupa (eu particularmente acho um desperdício de espaço tabua de passar roupa) mas caso seja necessário, pode usar ganchos na parede para fixar.

52foto

Varal suspenso é sempre uma boa ideia para não prejudicar a circulação. E usem e abusem das caixinhas organizadoras, elas facilitam a vida não tem jeito.
E você já tem a sua lavanderia funcionando? Conte para gente como você faz para manter a coisa fluindo? Beijinhos.

Guia básico para decorar – Quarto

Preciso falar uma coisa antes de inciar esse post, se você quer guiar sua obra a palavra chave é: teste tudo! Fita crepe/adesiva e trena são suas aliadas indispensáveis nessa jornada. 

Esse banquinho: foto pinterest

Não tem como falar de quarto sem mencionar o item indispensável desse ambiente né: A cama. Afinal sem ela, não temos ambiente.  Então primeiro você precisa saber qual cama vai escolher e para isso tem um guia básicão ai bem ilustrativo:

colchoes

colchoes-2

Mas é importante ter algumas coisas em mente para a escolha da cama:

1- É um quarto de casal ou de solteiro? Quantas pessoas vão dormir nesse quarto?
2- Circulação, você precisa considerar, no minimo 60cm para ficar confortável. Se não for possível circulação em ambos lados da cama, encosta um do lado da parede e decide ai no par ou impar quem tem que fazer o malabarismo para levantar a noite, caso precise.
ps: Eu prefiro o lado da parede, caso alguém vá atacar a gente a noite, da tempo de eu fugir (ou não.)

1bd5d40913a605fa7e8e72e2acacfcd7foto

Criado mudo ou comoda.
Posicionou a cama, isso fica muito mais simples: no espaço de “sobra” encaixa o criado mudo e caso você tenha um espaço maior pode utilizar uma comoda, assim você ganha mais um lugarzinho para armazenamento.
O que é importante ter em mente nesse item:
Profundidade- não precisa de um armário do lado da cama, vejamos o que colocamos a mão na hora de dormir ou descansar? Celular e todos os itens complementares, óbvio. e caso caiba: Abajur, livros, cremes, enfeites (tipo, flor, vasos). Para acomodar tudo isso em média uns 45cm de profundidade já da e sobra.
altura- Deixa 10cm +/- abaixo da sua cama, as camas box de hoje tem em média de 60/70cm de altura, então o ideal é que seu criado mudo fique 10/5cm abaixo da cama, isso porque caso você se mexa muito não corre o risco de derrubar nada e destruir o quarto enquanto dorme, inclusive ai vai outra dica: todas as coisas altas deixa pro lado de fora (utilizando a cama como referência) do criado mudo, sabe? perto da cama vai as coisas mais baixas.
Extra: deixe seu criado mudo/comoda pelo menos com uma folga de 10cm da cama. isso é para que as cobertas tenham espaço e não fique tudo muito grudado.

f3bbe801b26d87f04b12c875c8d5684afoto

Guarda roupas:
Altura: o limite é o teto.
Profundidade: 60cm o ideal, por conta dos cabides.
Portas de correr e de abrir: porta de correr ocupa muito espaço, então se tiver de sobra ok, se não descarta na hora. Lembrando que as portas de abrir precisam de circulação, ou seja, porta maior que a circulação que você tem, não abre totalmente e ai no dia a dia você perde muito a visão do armário, além de ser chato ficar esmagada/o para procurar roupa.
Vai ai algumas observações quanto a medidas:
pra cabideiro: altura do cabide até o final do armário padrão de 1m, ou pegue sua roupa mais comprida e da uns 5cm para ela respirar. É importante que ele seja fixado mais ou menos na sua altura, teste levantando sua mão sem forçar o movimento e mede até o chão. Deixe 7cm +/- entre o cabideiro e o maleiro.
Nichos para roupas dobradas: gosto de nichos de 30/50×30/50, mas isso é preferencia.
Prateleiras valem o mesmo raciocínio, o negócio é você entender se usa mais cabide ou prateleiras para ai sim planejar seu armário.

bb7c5aa12ecaaca3c846d569884e2537foto

Fazendo o quarto funcionar bem a vida fica muito mais fácil e bonita. E ai, gostaram? Contem ai para mim. Vamos trocar idéias. Beijinhos.

Guia básico para decorar – Cozinha.

Preciso falar uma coisa antes de inciar esse post, se você quer guiar sua obra a palavra chave é: teste tudo! Fita crepe/adesiva e trena são suas aliadas indispensáveis nessa jornada. 

8ce15e2865dcace609b2c8998d4c9616

Tá ai um lugar que, na minha opinião vem se destacando e tomando conta, antigamente era o lugar que as pessoas escondiam, hoje em dia, com essa onda (maravilhosa) da integração, vem tomando gosto. Bom, a quem mantenha ainda a coisa tradicional, ainda que seja integrada, tem gente que gosta de esconder tudo e ama armários. Tem gente que gosta de ousar um pouco, por isso vamos começar pelo básico:
Fogão, geladeira, pia. Esses são três itens que já vem com os pontos elétricos e hidráulicos pré definidos, a não ser que você chame um arquiteto/ engenheiro e esteja disposto a enfrentar quebra quebra, tudo gira em torno deles.

55f0c2859357aafb9b0011a520f58e8a

336f5f12bb1d272aaea336550ce5a769
A distribuição da sua cozinha vai depender óbvio do layout e estilo que você quer dar a ela.
1) Maquina de lavar, vai ter ou não vai? Importante localizar ela perto da pia, porque no dia a dia você coloca os pratos em cima da pia para tirar o excesso de gordura e ai sim coloca na maquina.
2) Microondas: sempre colocar ele em uma altura de 140/150 para manusear facilmente. Essa é uma altura padrão, mas caso você queira fazer o teste na prática, de pé levante a mão como se fosse abrir a porta do microondas e meça a altura do chão e da sua mão, pronto: você tem a altura aproximada do microondas, nesse caso localize a base dele e é a altura que você vai fixar sua prateleira/nicho.
3) Armários baixos: se for possível, opte por gavetões, quando você tem que se abaixar para pegar louça, vai perder muita coisa no fundo do armário. Gavetões te possibilita enxergar tudo que tem e fica tudo a vista. Se for armário suspenso: 15cm. menos que isso você vai sofrer para fazer a limpeza embaixo dele. Mas a melhor dica é optar por um rodapé (padrão 10cm) e aplicar a pedra na frente (principalmente se for molhar a área).
4) Bancadas: 92cm. Teste, qual a altura para manusear alimentos e lavar louça, observe a altura que você não tenha que inclinar as costas nem levantar demais as mãos. A média dessa altura para bancada (e fogão, caso seja embutido) é 92cm, mas pode variar, por isso, sempre é valido o teste.
5) Armários superiores começam a 60cm acima da bancada, essa medida serve para que você não bata a cabeça, lembrando que a profundidade tem que ser no máximo de 35cm. Se não você corre o risco de ter vários acidentes e uma coleção de galos! Se você gosta de prateleiras, mesmo esquema. Deixando sempre objetos com uso mais frequente embaixo e os que você usa só de vez em quando no alto. Portas basculantes, pode ser que você tenha um pé direito muito alto e opte por portas basculantes, preste atenção se a altura dela vai permitir você abrir e fechar a porta sem precisar ficar na pontinha do pé ou ajuda de uma escadinha. O armário da cozinha não precisa terminar no teto, você pode deixar um espaço, para colocar potes, enfeites, caso deseje. Se não for confortável: não vale pra você.
6) Embaixo da pia por conta do sifão, não coloque gaveta, ou perdera espaço por isso e não compensa. Isso vale para qualquer lugar que tenha pia.
7) Circulação. Não adianta colocar armário em cima de armário se você não tem espaço. Cuide dela como se fosse sua filha preferida. Nada menos que 60 cm, principalmente se você passa muito no lugar.
8) Ilhas na cozinha, se você tiver espaço, aposte, caso você não tenha muito espaço: ou aborta a missão, ou faz um móvel que tenha rodinhas e que possa ir para outro lugar.

003fce47ddd0a5227b31465238281c4f

03b043c8dc86b09d71d95ae237cd3a85

Imagens: pinterest.

E ai gente, gostaram? As dicas foram boas? Me contem se estão gostando. Beijinhos.

Guia básico para decorar – sala de estar e sala de jantar

Preciso falar uma coisa antes de inciar esse post, se você quer guiar sua obra a palavra chave é: teste tudo! Fita crepe/adesiva e trena são suas aliadas indispensáveis nessa jornada. 

Nas plantas mais atuais, nós temos que lidar com um espaço reduzido de sala de estar e jantar, normalmente está tudo alocado em um belo retângulo 3d e você quase fica desesperada pra saber como vai solucionar o perrengue todo, não é? Quando pego um projeto, as vezes dá um nó. (caso sua planta já venha com espaço especifico para as duas salas é mais simples, pule a dica 1 e o resto funciona igual). Mas vamos lá:

meta-coleman-living-room-2-680x850foto 

Sala de jantar. 

Não tem mistério.

Item básico: mesa de jantar e cadeiras.
Item bônus (caso tenha espaço): aparador e estantes.
O importante na hora de posicionar todos os móveis é pensar na sua rotina, para que aquele espaço é utilizado e qual a frequência que você fica nele. A coisa mais importante (ou uma das) para que a gente consiga uma casa funcional é a circulação, não tem jeito, uma casa que não tem espaço para você se locomover de um lado para o outro sem conforto, tá errado.
Como estabelecer o tamanho da mesa: É uma conta simples: A medida da parede inteira- espaço das cadeiras. O indicado é que as cadeiras tenham um espaço de 60 cm entre a parede/ móvel e a cadeira para a pessoa poder sentar e utilizar a mesa confortável, em alguns casos + circulação de 60 cm. Algumas pessoas abrem mão dessa circulação minima para poder colocar uma mesa maior ou mais cadeiras. NÃO É RECOMENDADO (você faz na sua casa o que bem entender, se quiser amontoar tudo vai lá e faz) mas quando a gente fala em um ambiente confortável e bacana de se viver a gente fala em móveis que cabem no ambiente. Mesa redonda utiliza muito espaço, você tem que considerar o diâmetro da mesa mais a circulação, então se sua sala for pequena e você quer muitos lugares dispense essa opção. Para você ter noção de quantos lugares a mesa pode ter, é só calcular em média 50/60 cm por pessoa e bato na tecla: circulação é vida. Aliás, falando nela, circulação minima para qualquer coisa: 60 cm, a minima da minima, ok? qualquer coisa menos que isso é pedir pra atiçar o stress durante o dia-a-dia.
Caso vá utilizar aparador: 45 cm de profundidade atende as necessidades gerais para sala de jantar. Lembrando que você precisa ter em mente o que vai colocar nele por exemplo ou se ele serve apenas como peça complementar e decorativa.

c7790cae8f093491a147a435a8ba07b6

d27334d063c18c773427a47322d369e3pinterest

Sala de estar, 

Item básico: sofá, rack, tv e acessórios. 
Item bônus (caso tenha espaço): mesa de centro e mesas laterais.
Se você é daquelas que ama uma netflix e passa o final de semana inteiro no sofá, ele é o item mais importante e queridinho desse ambiente.Então, conforto é tudo. Se sua sala não te permite ter um sofá com profundidade grande, pode optar pelos retrateis. O importante é que ele atenda sua necessidade, te deixe confortável e caiba na sala, nesse caso não existe medida correta, lembrando que precisamos de circulação entre o sofá e o rack da tv. A parede que você utilizar o sofá pode ser a mesma que você definiu por a mesa de jantar, tudo é questão de teste, o que você precisa priorizar sempre é circulação, quando eu digo circulação não é você colocar obstáculos na sua casa e fazer o caminho de um ambiente para o outro labirintos que precisa ficar dando voltas no móveis, o acesso entre os ambientes tem que ser objetivos, quanto mais lineares forem, melhor. Se você tem pouco espaço entre o rack e seu sofá, é simples: dispensa a mesa de centro.
Para fazer o teste que todos os móveis dos seus sonhos vão caber na sua casa faça o teste utilizando fita crepe, é simples, reproduza o tamanho deles no chão e faça o teste da circulação, se pra você ficou ideal, a solução é boa.
Cadeiras e poltronas são sempre bem vindos, então se na sua sala não tiver muitos lugares opte por utilizar cadeiras como mesa de canto, por exemplo.
A mesa de centro você utiliza caso seu espaço de circulação entre a tv e o sofá seja suficiente para você não ficar tropeçando nos móveis, deixe pelo menos 60 cm de distancia entre o sofá e a mesa de centro e mais 60 cm entre a mesa de centro e o rack, na pratica a gente arrisca até uns 50 cm, no minimo do minimo, menos que isso sem chance, mas já vou avisando: não é indicado, por isso, faça sempre o teste da fita crepe e não fique com duvidas.

e481286ff223d153aea98e49656f3021Ana Spiro

Itens decorativos. 

Se existem algumas coisas que vão mudar a cara da sua sala é:
Tapete – ta ai um item que muda completamente nosso ambiente, quer aconchego, é item na certa. Não existe casa com cara de aconchegante que dispense um tapete.
Flores e plantas – Para quem quer vida dentro de casa, essa aposta é certa e além disso as flores dão um ar colorido e alegre, não tem como errar.
Quadros – solução criativa, rápida, pratica para mudar agora sua casa, qualquer lembrança a gente pode fazer um quadro, pega uma eco da sua ou um ingresso de uma experiencia especial e emoldura, você nem precisa gastar muito, nesse quesito é indispensável ter criatividade.
Cor e estampas nos móveis – confesso que essa opção é a minha preferida, primeiro porque acho que a brincadeira que você pode fazer na decoração é infinita, as combinações que você pode criar vai definir a cara da sua casa.
Cores nas paredes – eu confesso que sou mais adepta a base branca e brinco com o resto porque acho mais fácil mudar quando enjoar, mas tacar cor na parede muda o ambiente.
Livros, vasos, enfeites vão dar o check mate para você ter a sala dos sonhos.

d268eba3798db54b16f50e584c2d9690Ana Spiro

081c0a0969c386277062d29b27093e5aAna Spiro

5680544805141f2c1f9255e5d28f81b4pinterest

Espero que tenham gostado das dicas e que tenha sido uteis par vocês, me contem aqui embaixo nos comentários o que mais gostariam de saber. Beijinhos.

Guia básico para decorar – Geral.

Não gosto de como a autonomia das pessoas nos últimos tempos ficou depende da terceirização, é claro que por um lado é bom: novas oportunidades de emprego, mas ainda assim acho que precisamos ser donos no nosso nariz, principalmente na nossa casa e na nossa vida.
Por isso resolvi dar um empurrão para você dar conta da casa, isso é: um manual se vira nos 30 para ter a casa dos seus sonhos (ou chegar perto disso) de um jeito rápido.
Já dei aqui algumas dicas gerais de como a gente pode começar a ter noção do que vamos fazer.
Feito isso, o segundo passo é responder questionário, sei que pra você pode ser muito chato, mas tudo é mais bem resolvido quando rola diálogo e nesse caso o papo vai ser com você mesma.

10729292_356816201150323_998598974_n

foto: Anna Spiro – Designer de interiores

PLANEJE – ISSO VALE PARA TODA SUA CASA

1- Prioridades. É importante saber o que vem primeiro ou se vai reformar/ decorar a casa toda ao mesmo tempo. Aqui vai o meu pitaco:
Reforma: parte elétrica, iluminação, quebra de parede, essas coisas que vão exigir de você paciência e lidar com bagunça, coloca como prioridade afinal faz parte de um bom funcionamento de uma casa.
Decoração: Nunca vi na vida uma casa 100% decorada, as pessoas vão mudando, os gostos evoluem e mudam com elas. Tenha paciência.
Caso você precise desses serviços trabalhamos online a preço camarada.

2- Orçamento, você precisa saber quanto vai investir na sua casa. Tendo um orçamento total, você separa o que vai pra reforma e o que vai para decoração. Quais profissionais você vai precisar e quais atividades pode assumir a mão na massa. É importante ressaltar aqui que quebra de parede é importante chamar arquiteto porque envolve a estrutura, em prédios eles exigem o profissional para se responsabilizar pela obra.

3- Tempo. Fique atento aos prazos e  planeje entrada de serviços, assim você tem noção de quando vai terminar para se mudar ou ter sua casa limpa e funcionando normalmente. Lembre-se de folgar um pouco a agenda, imprevistos podem acontecer.

QUESTIONE-SE – AMBIENTE POR AMBIENTE

1- Para que você vai usar esse cômodo, quais as atividades você desenvolve nele. Caso você trabalhe em casa, é importante definir onde é esse espaço para assim conseguir planejar armários, estantes, etc.

2- Quanto tempo você “gasta” nesse cômodo.

3- você recebe visitas?

4- qual o fluxo de pessoas nesse ambiente?

5- qual seu estilo de vida? Você faz mais atividades em casa ou na rua?

6- qual o cômodo que você passa mais tempo?

7- conforto, o que precisa para se sentir confortável. Isso é importante na hora de escolher um imóvel, por exemplo, cômodos grandes, iluminação, além da decoração influenciam para que a gente se sinta bem no ambiente.

Se você quer guiar sua obra a palavra chave é: teste tudo! Fita crepe/adesiva e trena são suas aliadas indispensáveis nessa jornada. 

E ai, te ajudou? Caso você tenha passado por alguma reforma, tem alguma coisa que você considera o salva vidas e quer compartilhar com a gente? Deixa nos comentários. Beijinhos.

4 dicas que ninguém te conta (na hora de decorar)

Oi Oi gente! Vamos fazer um diário de como fazemos um passo a passo para decorar sem precisar de arquiteto (vamos vencer a dificuldades sem gastar a mais por isso) Pra isso, a gente precisa ir por parte, pra começar preparei ai, 4 dicas para você começar a acompanhar… Bem básicas e bem simples! Uma luz no fim do túnel…. Apenas…

cff5b933adbb82dd5fcd5ebb9023d82d

1- Sua casa, sua cara!

Ninguém te conta o óbvio (nem tão óbvio as vezes). Ou seja, antes de pegar a chave do ap, ou deixar o cartão de crédito no vermelho, pesquise! Primeiro passo é montar uma pasta no pinterest e decidir que estilo combina mais com você! O que quero dizer é o seguinte, a coisa tem que ser sua cara, mas não precisa ser cara, capithe? Hoje em dia temos milhões de jeito de dar cara nova na casa gastando poucos (se você diz que não dá é porque tá com preguiça de colocar a mão na massa).

2- Respeite o espaço da sua casa.

NÃO ENTULHE. Coloque somente o necessário, menos é mais! Sempre. Lembre-se, sua casa precisa ser bonita, mas o dia a dia exige funcionalidade e praticidade, ou seja, você precisa de móveis do tamanho certo. circulação e praticidade!

3- Conforto sempre.

Vamos lá, você vai viver a maioria do tempo lá, se não for a maioria do tempo, vai ser pra onde vai voltar no final do dia para descansar. Ou seja, conforto é tudo! E conforto além daquele sofá macio, tem a ver com a decoração harmonica, ai entra a dica 1- se você optar pela moda e não pelo estilo que realmente representa você, vai odiar o final do dia.

4-  Na duvida, opte pelos clássicos.

Clássicos são clássicos (e está na moda) é claro que sempre tem uma maneira de deixar aquele móvel da vovó super moderno! Tem valor sentimental e ainda te ajuda a economizar. Você ainda pode pintar pra deixar com aquela cara de que acabou de sair da loja!

O que acham de aprofundar mais em cada item? Como vocês fizeram nessa etapa de reforma? Contem ai!

Beijos.