Desafio 30 dias – Avançar na vida profissional – O que realmente aconteceu.

Estou com vergonha alheia de mim mesma. Explico: Primeira semana do desafio, estava tudo pronto e foi maravilhoso. A sensação foi ótima. Afinal, não precisei me preocupar. O problema começou na segunda semana e não terminou. De lá para cá foram três semanas de frustrações, falta de criatividade sem fim e abandono do meu cantinho.

01foto

Reproduzir conteúdo é moleza, agora vai criar a coisa toda pra ver o trabalhão que dá… Sabia que seria difícil, mas para mim (juntando com a correria do dia-a-dia, já que trabalho fora) foi impossível.
Preciso fazer isso de novo e dessa vez cumprir o desafio, sem furos não é mesmo? Porque dessa vez tenho que lidar com o fato que não consegui e ficar bem comigo mesma.

Você já se propôs a um desafio e não teve o resultado que esperava? Me conte aqui como foi e como você lidou com isso. Assim a gente se ajuda, ou melhor, você me ajuda e eu juro que retribuo em breve. 

Anúncios

Desafio 30 dias – Para avançar na vida profissional.

tumblr_nvrekq1KpW1r1si11o1_1280foto

Eu já comentei por aqui que por consequências financeiras tive que dar um passo para trás e voltar ao mercado de trabalho (coisa que claro, relutei muito para acontecer). Acredito mesmo que não tenho exatamente o perfil funcionário, mas bom deixar claro que quando estou em uma empresa, ainda que não seja meu sonho, me esforço e dou meu melhor, afinal toda experiência é valida. E por conta desse desamino deixei o blog (que faz parte do meu sonho) um pouco de lado. Confesso que por mais perfil pra coisa que eu tenha, ainda preciso de um empurrão para me fazer as coisas acontecerem, por isso me propus a um desafio:
30 dias de conteúdo (Na verdade conteúdo por aqui de segunda a sexta.) É de fato algo que faz tempo que não faço, primeiro porque preciso aflorar a minha criatividade e depois porque vou precisar adaptar a minha rotina para conseguir dormir bem, passear com o cachorro, trabalhar, etc, etc, etc, e ainda assim deixar esse blog cheio de amor.
Não faço ideia se vou conseguir e confesso que estou com friozinho na barriga, mas… Meu desafio é fazer algo pelo meu sonho, e vai começar por aqui. Porque ainda que não viva do blog, esse é um bom exercício para trabalhar para mim mesma e movimentar a energia que preciso.

E você, quer entrar nesse desafio de 30 dias comigo e fazer algo para sua vida profissional? Seja para mudar de emprego, ser efetivada, subir de cargo, passar em um concurso publico, sei muito bem que precisamos dar o primeiro passo (e meu primeiro passo é cuidar bem desse espaço) com que temos no momento, então mãos a obra. Volto em 30 dias para contar o resultado! Beijinhos 

Desafio 30 dias: Meditação (4 semana).

Estou liberando o último post do meu primeiro desafio, um pouco antes de sexta esse post, primeiro porque semana passada não postei e segundo porque o desafio chegou ao fim… (porém continuarei no esforço de manter na minha vida.

Sem título22foto

21 dia: Hoje pensei que faltam apenas 9 dias para acabar o desafio, mas a verdade é que vou continuar (esse desafio é pra me forçar a voltar com esse hábito), existem estudos que dizem que sempre quando você falha um dia, tem que começar a recontagem. Então isso nunca vai parar. Mas seremos práticas: Estou feliz, que acordei cedo e consegui me concentrar, com tempo e o resultado: Aquele que eu gosto, até agora o dia está indo bem. (ainda que tudo não tenha ocorrido do jeito que eu quis, eu tive que fazer algumas adaptações) meu humor  está bem e o dia fluindo tranquilo.

22 /23 dia: Como esse foi um final de semana de pré aniversário, foi bem corrido, então vacilei e nada aconteceu. Mas como foi festa direto, foram bons dias.

24 dia: Foi o dia do meu aniversario e de novo, bem na reta final… Não meditei.

25 dia: Finalmente hoje me esforcei, tomei vergonha na cara e meditei. Foi bom, confesso que entrei na crise dos trinta, quando o relógio virou e ai está um avalanche de sentimentos e confusão (com vocês como foi a crise dos 30? Veio antes ou depois? Ou não veio?) Então, acordei mais cedo e não conseguia dormir. Aproveitei que tinha tempo sobrando e ao invés de voltar a dormir, fui meditar. Me entreguei e de novo, esses dias sem dedicar um tempo a isso, fez efeito, estava precisando. Encarei o dia muito melhor, principalmente porque minha cabeça está a mil.

26 dia:  Meditei. Acordei e meditei, mas estava com pressa e não me entreguei muito. Meu dia foi normal, mas ainda assim: Não senti diferença por conta da meditação.

27 dia: Não meditei. Foi domingo, e eu simplesmente essa semana resolvi chutar o balde (ainda que inconscientemente)

28 dia: Meditei, e foi bom, acho que quando saio do eixo e medito esporadicamente, meu corpo implora. Consegui o meu estado de concentração perfeito.

29 dia: Meditei, mas confesso que não vi muita diferença. Estava cansada, já tinha feito algumas coisas. Apenas fui marcar ponto, sabe? Não foi produtivo, nem a prática nem o dia.

30 dia: Esta fazendo muito frio aqui em Curitiba, então sair da cama, foi muito dificil, queria mesmo é me agarrar aos cobertores e esquecer o mundo. Meditei depois de estimular a mente, ai já viu, o dia nada produtivo, fiquei bem introspectiva. E a meditação foi meio porre, não estava com paciência, tentei ficar presente, mas não consegui.

Finalmente o desafio de 30 dias foi concluído. Óbvio (principalmente essa ultima semana) que não tive sucesso 100%, mas foi importante para perceber o quão diferente meu dia e minha vida fica quando eu levo a sério a meditação, por isso continuarei tentando e me esforçando para que isso torne um hábito, e sugiro que você experimente essa prática, comece com 5 minutinhos no dia. Sério, a meses atrás quando comecei e até hoje sinto enorme diferença em tudo quando levo a sério. 

Desafio 30 dias: Meditação (3 semana).

tumblr_n45ryzmCqV1shcqiqo1_500

 

A primeira e a segunda semana de meditação, estão disponíveis já. Vem acompanhar minha saga… 

14 dia: não meditei, de novo.  Eu sei, deveria ter vergonha na cara e parar de dar meus escapes!

15 dia: Chegamos a metade do tempo, com apenas 2 furos, então no balanço geral estou indo bem. Hoje a meditação foi maravilhosa, primeiro porque finalmente melhorei e estou no meu estado natural de bem estar. Consegui me concentrar e respirar profundamente, como minha meditação é guiada, consegui seguir certinho e não me perdi nos meus pensamentos ou sei lá o que (o que acontece muito tá?), mas mudei a meditação, agora são 20 minutos e outro texto! Depois se vocês quiserem posso indicar algumas das meditações.

16 dia: Ontem depois desse belo discurso, cometi a gafe de novo e não meditei. Que essa seja a ultima vez.

17 dia: Não preguei o olho a noite, mas quando foi de manhã cedinho, meditei, consegui me concentrar, mas não aconteceu nada demais, nenhum insight durante a meditação, foi normal. Tava um pouco cansada da insonia.

18 dia: Acordei sem tempo, então tive que sair correndo bem cedinho porque tinha um compromisso, mas voltei e fiz uma meditação rápida, de 5 minutos, só para não ficar em haver de novo. Mas confesso, que 5 minutos para mim, não da efeito.

19 dia: cumpri minha obrigação, logo cedo e foi bom, a melhor dos últimos dias. Tive concentração e o resultado foi positivo.

20 dia: Finalmente consegui a concentração que eu gosto. O resultado que me deixa aliviada e o dia bem bom. Estou me esforçando, confesso que tem dias que da preguiça e que manter o habito as vezes é dificil, mas dias como hoje, fico bem feliz.

Já ia me esquecendo: Conclusão da semana. Consegui manter firme na prática, mas tive alguns desvios, acordei mais cedo e essa semana estava bem melhor, apesar da insonia. Já tive semanas melhores e resultados melhores, ainda assim fico orgulhosa e aliviada de não desistir. 

Desafio 30 dias: Meditação (2 semana).

Se você quer saber um pouco mais sobre o começo desse desafio e a semana anterior, vem aqui que está tudo explicadinho!
Hoje divido como foi minha segunda semana nesse desafio e confesso foi mais dificil que a primeira. Quando a gente começa a meditar precisamos enfrentar alguns sentimentos e situações que provavelmente não estávamos afim de lidar, mas não tem jeito, é tapa na cara e se você não enfrentar as coisas, sua energia não flui e a meditação fica mais dificil, então essa semana me vi nessa situação… E fiquei doente, resfriada… Ou seja… Foi de fato desafiadora, mas no fim, me mantive (tentei estar) firme no objetivo e pelo menos reservei o tempo para me dedicar a isso (excesso pelo nono dia.)

3c3b839ab2797455573c97e892efbc07foto

8 dia: Meditei, por 10 minutos… Depois simplesmente não consegui mais, não teve jeito, o dia não tava bom (mesmo que meditação ajude a melhorar) esse foi um dia que parei pela metade e não voltei.

9 dia: não meditei. Sem filtro e desculpa… Não dei a devida importância e o dia passou.

10 dia: Acordei um pouco ruim – começo de gripe, acredito eu. – meditei, mas não consegui ficar quieta, então obviamente não tive o melhor resultado na concentração, mas persisti e fui até o final.

11 dia: Ainda não me sinto na melhor forma, mas meditei assim que acordei. Isso é bom, porque não tive estímulos externos, mas essa semana está meio complicada devido a essa gripe e mal estar, então minha concentração não está das melhores, mas sigo tentando.

12 dia: No geral, foi a melhor meditação da semana até então, fiz uma meditação guiada diferente da que eu sempre faço, acho que estava precisando, porque me concentrei bem e o resultado foi bem relaxante.

13 dia: Finalmente consegui me concentrar. Voltei a minha meditação frequente… E consegui um bom resultado, fui interrompida duas vezes durante a meditação, uma pelo aspirador, outra porque meu telefone tocou (eu ouço as meditações pelo meu celular), mas no geral consegui uma boa concentração e um estado de relaxamento aceitável.

Essa semana foi bem desequilibrada, confesso: fiquei resfriada e até ontem estava mais pra lá que pra cá, por isso inclusive o blog ficou parado, a cabeça não funcionou e estou tentando alinhar tudo novamente (espero que não tenha nada a ver com o inferno astral e semana que vem volte tudo ao normal.) Mas vamos que vamos!!!!! 

Desafio 30 dias: Meditação (1 semana).

Medito desde outubro/novembro do ano passado, não me lembro ao certo. Tudo começou quando tinha saído de Curitiba na esperança que a vida mudasse e melhorasse em um passo de magica. Mas óbvio, quando você não se cuida, o mundo não cuida de você, então depois de muito ler, e ter algumas experiencias isoladas, implementei a meditação no meu dia, no começo era meditação guiada de 5 minutos. Eu sabia que a minha mente podia ser tagarela, mas como tinha pouco tempo para a coisa, ela não se manifestava, e eu estava focada em aprender a meditar.
Depois percebi que 5 minutos não me deixava relaxada e comecei a testar no dia-a-dia, meditações mais longas, somente com musica, sem musica e hoje menos de 30 minutos não funciona (e minha queridíssima mente está mais tagarela que nunca, mas estamos nos dando muito bem.)
Depois de algumas semanas longe da prática, o universo estava me implorando para eu voltar, então força na peruca e vou te contar como foi essa semana (que começou na sexta) porque não sigo calendário de todos. E vou compartilhar com vocês como foi essa volta:

Meditação-iStockfoto

1 dia – Minha mente/alma fez uma festa, coitada estava tentando falar comigo a tempos e eu não dava ouvidos. Juro juradinho que ”ouvi” ela dizer: – Raíssa, pelo amor de deus, ainda bem que você voltou, preciso de dizer tanta coisa. E a próxima meia hora a bicha tagarelou, nem tentei calar ela porque senti que a gente precisava se comunicar.

2 dia – Acordei com uma preguicinha, está frio e estava bem faceira de baixo das cobertas. Tentei meditar deitada, mas nos primeiros 30 segundos desisti e vi que não ia dar certo. Além de dormir, seria desconfortável. Então despertei e enfrentei a preguiça, faço meditação guiada de 30 minutos (menos para mim, hoje é muito pouco). Então coloquei o fone e segui as orientações. Hoje minha mente estava mais calminha, só agradeceu por ter dedicado meu tempo e lá fomos nós respirar profundamente…

3 dia – Confesso que não acordo empolgada para meditar, mas depois que acontece, meu dia parece muito melhor (ainda que não aconteça nada no meu dia.) Minha mente estava mais calma, consegui por algum tempo me concentrar na respiração, mais pro final ela conversou comigo e estamos começando a entrar em um acordo.

4 dia – Hoje estava frio e demorei um pouco pra acordar, tinha um compromisso pela manhã, então por 5 minutos pensei em pular a parte da meditação e partir pro banho, assim o dia começava logo… Mas venci a preguiça e acordei a tempo de meditar, com os dias passando está ficando mais fácil. Relaxo com mais facilidade, em alguns momentos minha mente se perdeu, mas voltou e o resultado foi relaxante.
ps: Acho que não comentei, mas sempre quando medito o meu dia fica mais leve.

5 dia – Estava frio também e hoje como não tinha compromisso de manhã, dei uma enrolada, mas nada ao ponto de desistir da prática meditativa (essa semana eu deveria ter voltado a correr, mas não tive coragem…muiiiiiiiiito frio!), de qualquer forma, meditei enrolada no cobertor, e por um breve momento estive em marte, viajando mesmo, mas consegui voltar a tempo de estar presente e o dia hoje foi gratificante: encontrei pessoas maravilhosas e a família está um amor.

6 dia – Acordei e ao invés de ir meditar em seguida, fiz algumas outras coisas e obviamente já estimulei minha mente. Foi bem dificil me concentrar, consegui terminar a meditação, mas não me senti tão relaxada assim, como normalmente acontece.

7 dia – Acordei e estimulei a mente antes da meditar (de novo). Hoje foi ainda um pouco mais intenso, porque tive algumas atividades que tinha que fazer e precisei adiar a meditação, confesso que como era feriado, acordei fora do horário… Na primeira tentativa não estava concentrada o suficiente e ”desisti”, fui descarregar um pouco esse estimulo todo. Na segunda tentativa foi interrompida nos primeiros 5 minutos (ainda bem que foi no começo). Na terceira tentativa, finalmente… Consegui me concentrar a finalizar, mas confesso que a concentração não foi das melhores, me mexi bastante, e se mexer compromete o foco. Então resultado: finalizei, mas não obtive o relaxamento/ clareza que gosto…

Conclusão e meta para próxima semana: meditar assim que acordar, assim o resultado se torna mais eficiente, eu me concentro melhor e a entrega é perfeita. 
Por consequência: acordar bem mais cedo, para não ter problemas de me embolar. (farei desafio de acordar as 5/6 da matina. Vamos ver como me sairei! E vocês, tem algum desafio para superar, loucos para colocar em prática?