O que realmente importa?

Você já parou para pensar, daqui alguns anos quando você olhar para trás  algum dia na sua vida, o que você quer ver? Você pode ter uma resposta observando o que atualmente te persegue… A casa dos sonhos? Uma conta bancária gorda? um grande casamento? Sucesso no local de trabalho?
Mas esses grandes sonhos que você persegue ferozmente, realmente é (só) isso que você quer ver quando fazer uma retrospectiva?

0447c9565e931dfe2cd7355605b24058foto

Não estou dizendo que é para você desistir dos seus sonhos, mas muitas vezes entramos no piloto automático onde você foca e não enxerga mais nada. Quando a vida não acontecer exatamente do jeito que você imaginou (porque ela é assim, cheia de surpresas.) Ainda assim, seja grata e sorria ao invés de ficar desesperada, seja aberta a outros caminhos. Certas coisas tem mais importância que outras, basta enxergar…

”É importante que nessa perseguição louca pelos sonhos você viva os momentos, seja grata pela vida!”

Temos a impressão que a vida só vale ser vivida quando alcançar algum objetivo, ou se algo fosse diferente… Quando isso acontece você rouba a sua própria capacidade de ser feliz! Você tem percebido o que sua vida está acontecendo agora? Lindos momentos estão desdobrando todos os dias, bem na sua frente. Mas muitas vezes estamos tão ocupados em realizar sonhos, cumprir metas/objetivos que esquecemos de sentir todas as coisas boas do caminho?

Confesso, sou culpada: Fui obsessiva no trabalho. Quando não estava produzindo (ainda que fosse meu dia de folga) se tinha e-mail para responder, se minha chefe me ligava fora de hora, eu parava a vida e enquanto o problema não fosse resolvido, nada fluía. Pergunto-me quantas vezes perdi um por do sol lindo depois de um dia de trabalho ou um bar com amigos, bebendo cerveja e comendo petiscos, ou meu cachorro de grude comigo, sem aviso prévio. Me dói pensar quantas coisas perdi para satisfazer a vontade dos outros.
Não sei você, mas sucesso no trabalho – e na vida – para mim, só faz sentido se eu sentir que contribui com o mundo, agreguei valor e não só para mim. (Claro, eu adoraria um corpo como Gisele e um cérebro como Oprah, também). Mas o que eu realmente quero é profundo – e eu não inclui ficar obcecada com o aperfeiçoamento do meu currículo e perder olhar para o que importa, quem importa.

”Quando os tempos difíceis chegarem, eu não quero ser tão consumido pelas minhas próprias dificuldades e parar de sorrir.”

Comemore cada passo, cada conquista. Ou apenas você possa fazer um esforço consciente para reconhecer todas as bênçãos em sua vida, sem distrações.
O sucesso e contentamento da vida é diferente para todos, mas é bom encontrar o seu. E se estivermos sempre perseguindo as próximas metas, perdemos a chance de ver tanta beleza ao longo do caminho.
Então o que quer que seja importante para você, pare e olhe a sua volta, não perca a sua vida!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s