12 coisas que eu gostaria de ter feito antes dos 30 – e por que está tudo bem que não fiz.

Estou a exatamente 1 mês e dez dias de virar a chave e entrar para o grupo dos 30, me deparei com uma lista enorme de coisas que eu gostaria de ter feito e outra maior ainda maior que o mundo gostaria que eu tivesse realizado (principalmente meu pai e minha mãe.) mas está tudo bem -* pelo menos estou trabalhando demasiadamente nisso.

Muitas vezes colocamos um plano em ação e se não alcançamos nossos objetivos à velocidade da luz, nos repreendemos, desanimamos e desistimos – nessa ordem.
Por mais que as pessoas nos digam que precisamos aproveitar o processo, para aproveitarmos a jornada e aceitar de uma vez por todas que coisas boas levam tempo, é quase inevitável um momento de desespero (por isso é importante auto-conhecimento – para lidarmos com obstáculos da melhor forma). Ocasionalmente, definir uma intenção aleatória é mais poderoso que realizar um objetivo da lista.

Aqui estão 12 coisas que eu gostaria de ter feito antes, que talvez ainda de tempo, mas que está perfeitamente bem caso não cumpra nessas últimas semanas.

fotografia 03 120

1- Aprendi a costurar um botão.

Ou reformar uma roupa qualquer. Acho super legal a ideia de moda consciente, mas para mim a prática fica inviável e ainda mais ridículo assumir ter três décadas de vida sem saber como consertar um maldito botão. Esse está sendo um ano -lento- de mudanças, então esse item passa para minha próxima lista. Espero que esse seja o ano que eu aprenda a fazer milagre com agulhas e meu guarda-roupa.

2- Eliminei todas as dívidas.

Verdadeiramente aborrecida. Gostaria de ser mais consciente e gastar meu tempo e energia para administrar melhor meu dinheiro e evitar dividas de cartão de crédito, etc.  Eu também queria ter três meses de um fundo de emergência. No entanto, não aconteceu, então, ao invés de lamentar estou tentando ser proativa na melhor das minhas habilidades – não gastar mais do que preciso, fazer mais orçamentos e aprendendo muito sobre planejamento financeiro.

3- Viajei para a Grécia. . .

. . . Ou a Islândia, ou a Paris, ou Nova Iorque, ou Asia, ou em qualquer lugar no exterior com mais frequência. A pouco tempo aconteceu um deslize nas minhas veias, o que significa que criei uma vontade imensa de conhecer o mundo – pra ontem. Talvez não tenha planejado a fundo visitar tantos países diferentes daqui, mas já agradeço por onde passei. E para frente, posso garantir que verei todas as maiores maravilhas do mundo.

4- Comprei/aluguei um lugar meu.

Desde os 18 anos, isso está no papel. Por algum tempo resolvi me aventurar em casas alheias, mas dei aquele temido passo para trás, agora estou de volta… Na casa da minha mãe. Gostaria que meu caminho longe daqui fosse mais longe. Ter seu próprio lugar, onde você pode fazer o que quiser, quando quiser, é um tipo especial de liberdade. O outro lado? Estou aprendendo muitas lições úteis sobre mim e coabitar com outras pessoas com um olhar diferente, no fim pode resultar em experiências valiosas.

5- Tirei uma longa pausa de namoro.

É muito fácil se render aquele velho hábito de estar com alguém ou constantemente a procura de um parceiro. Definitivamente experimentei longas pausas entre namoros, mas eles sempre foram combinamos com uma mágoa que não cabia dentro de mim. Eu gostaria de ter me dado a chance de experimentar esses intervalos da vida sem namorar alguém e sem estar triste por isso. Dito isso, estou tendo minha chance novamente agora e bom, a considerar pelas minhas experiencias antigas, talvez esse seja um item que riscarei da minha lista. Estou aberta a isso, esses anos todos me ensinaram como discernir o que preciso em um relacionamento, agora me sinto mais consciente e plena.

6- Disse adeus às relações tóxicas.

Porque devo dedicar tanta energia a relacionamentos que eu sei que são ruins para mim? Seja um amigo, um amante, uma pessoa da família ou alguém de convívio próximo, quanto mais essas pessoas deixam de fazer parte do meu dia, mais paz eu sinto. Tudo bem que existem situações que não da pra virar as costas e ir embora, o que eu quero dizer com me afastar é simplesmente ficar na minha, não dividir a vida, as conquistas, as alegrias, as tristezas, as pessoas podem estar ao seu lado mas não precisa ser intimas, essa é uma das lições de vida que nem sempre você consegue, mas mesmo assim se você conseguir, é assim que você ganha sabedoria.

O poeta Mary Oliver coloca assim: “Alguém que amei uma vez me deu uma caixa cheia de escuridão. Demorou anos para entender que isso também era um presente”.

7- Li todos os clássicos.

Volta e meia procuro no Google lista de “livros clássicos todos devem ler”, filmes, documentários, é garantido, verifico apenas 25% deles. A coisa é que essa dedicação toda leva  tempo e, eu gostaria de poder dizer que conheço todos, mas não, isso significa que tenho uma longa lista de grandes coisas para verificar. Ou posso continuar somente com resumo do google. hahaha

8- Corri uma maratona…

…Nem meia-maratona. Voltei com meu habito pela caminhada a poucos meses e confesso tem algumas semanas que dei férias as minhas pernas. Por algum tempo me senti determinada e empolgada para esse desafio, mas chegada a hora, recusava educadamente. A verdade seja dita, a ideia de me sentir intimidada por aquele monte de gente super preparada me apavora. Mas talvez eu faça, algum dia, porque nada supera a sensação de realização ao final de fazer algo que você não tinha certeza de que poderia fazer

9-Aprendi uma segunda língua.

Que a verdade seja sita, oportunidade não me faltou. Se a anos atrás eu ouvisse meus pais com mais critica e amor no coração, hoje seria fluente em inglês, mas resolvi ser revoltada e virar de costas pro mundo. Ta ai uma das coisas que me arrependi de não levar a diante. Óbvio que os dois esperavam esse momento para soltar a frase clássica de eu te avisei. Eu sei que vocês me avisaram, mas desviei dessa meta com todo meu esforço, simplesmente porque estava com preguiça de estudar. Muito trabalho. Mas em um mundo global sempre em mudança, estou ciente que essas habilidades linguísticas seriam um grande diferencial, certamente posso dar um jeito nisso. Além disso, eu realmente quero poder pedir um cappucino em um café bonito na minha próxima viajem.

10- Fiz mais amizades duradouras.

Se tenho cinco pessoas na minha vida que vieram comigo desde cedo, são muitas. Neste momento, tenho amigos, vários deles. E isso é bom. Ao construir e nutrir amizades, conseguimos aprender diferentes estilos de vida, experiências, valores e principalmente a achar bonita essa diferença e amar as pessoas principalmente por isso. Algo que não acontece quando a gente afasta no primeiro desencontro de opiniões. Que coisa mais bonita, gente que gosta da gente na nossa vida. Acredito que agora faça um esforço a mais para manter essas pessoas ao meu lado, algo que não acontecia.

11- Questionadas sobre a história da minha família.

Penso que eu deveria perguntar aos meus pais todas essas perguntas sobre suas vidas, e ainda acho que continuo descartando. Ou então eu vou ao médico, e quando ele ou ela pergunta sobre condições familiares, percebo que não sei de nada, nem quem teve tais doenças. Eu me arrependo de não ter paciência para ter essas conversas, sobre saúde ou tradição ou histórias loucas ou qualquer coisa, de verdade. Em outras palavras, hora de marcar alguns jantares.

12- Um fim de semana anual das meninas.

Antes de eu viajar, eu, minhas irmãs e minha mãe fomos a um café, pensei que deveria repetir aquilo sempre. O que me fez pensar muito todas as mulheres incríveis e criativas da minha vida que eu só vejo algumas vezes por ano, se isso. Minhas amigas, amigos e eu sempre falamos sobre como se reunir anualmente para se reconectar, mas a vida fica no caminho e isso não acontece. Avançando, estou muito mais ciente do valor dessas relações, e do fato de que elas precisam nutrir – e não apenas existir as redes sociais.

E você, o que você gostaria de ter feito antes de completar trinta? Ou, o que está em sua lista a tempo antes de completar trinta?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s