Gratidão (a luta)

Na maior parte dos meus vinte anos, fui orientada focar e fazer acontecer. Passei a maior parte desses anos apenas seguindo o fluxo: faculdade e trabalho. Fantasiei uma história bem sucedida, uma carreira digna de orgulho. Percebi alguns momentos varrendo para os lados meus instintos (meu gosto pela internet, moda e vida) enquanto tentava fazer a minha escolha universitária dar certo. Por mais que eu quisesse não acreditava exatamente que teria coragem de recomeçar, principalmente perto dos 30, onde tudo já teria que estar conquistado.
Pensando bem, ao longo desses anos, não posso dizer que foram de todo ruim, aprendi muita coisa, cresci, evolui, mudei. Talvez por conta de toda correria que a vida pede faltou um ingrediente importante para ser realizada e feliz: a gratidão.

naom_55d7632b81361foto

Até que por algum motivo que não sei dizer, fui estimulada a olhar o mundo e a mim de outra forma, a acreditar em outra realidade, aquela que de fato eu quero (ainda não cheguei la). Mudar tudo quando se tem trinta é bater de frente com o mundo e sair derrubando todo mundo, todas as expectativas que depositam em você.

”Eu ficava tão presa em ser alguém e fazer as coisas darem certo que esqueci completamente de praticar a gratidão.”

Ainda que gratidão seja um conceito muito popular não sabia que ser grata mudaria minha vida. E talvez você me entenda. E como tudo que se populariza, ser grato é quase uma obrigação no curriculo. Para alguns é natural ser positivo e agradecido, para outros é trabalho duro (essa sou eu) mas felizmente estou ficando boa nisso – ou pelo menos tentando. Há muita literatura e pesquisa dizendo por ai que gratidão muda vidas, então vai ai algumas dicas que eu tenho para enfrentar essa luta e colocar em pratica o ato de gratidão.

Gratidão pode salvar um dia ruim.

Obviamente que no momento de frustração e irritação, não pensamos em gratidão. Mas as vezes precisamos deixar nossos sentimentos ruins apenas ir embora, não se apegar, respirar fundo e sentir um vento refrescante, quem não gosta de uma brisa relaxante? Estou falando, que pode ser muito gratificante um momento relaxante em um dia desafiador. Tudo o que fazemos é reclamar a todos, sem tréguas, isso pode afetar nosso bem estar e daqueles que nos cercam.
Já é comprovado que quando somos gratos pelas coisas e quem está a nossa volta estamos nos conectando com a melhor energia que existe em nós e quando estamos na nossa melhor energia, atraímos coisas, pessoas, elogios, ou qualquer coisas que nos fazem sorrir. E antes que você perceba, seu dia foi ”salvo” por alguns momentos bons. Realmente funciona (e muita gente diz isso) por isso praticar a gratidão pode ter um grande impacto na forma como você leva a vida e enfrenta seus desafios.

”Quando você tem vários momentos bons em um dia ruim, ele ainda é um dia ruim? Você decide.”

Gratidão e ambição não precisam ser amigos.

Há uma ideia que circula livre por ai que quando você é grato, automaticamente está compactuando para estacionar na vida. O que não é verdade e tem pesquisas, livros e pessoas de sobra para quebrar essa teoria. Gosto de pensar nesses termos como carros em uma via da mão dupla na mesma velocidade, Fique satisfeito com que você tem e assim mais situações, oportunidades você atrai para realizar seus sonhos. Sendo grato você vive no presente e não deixa a vida passar sem aproveitar e ainda de quebra fica cada vez mais perto de realizar seus objetivos.

Escolha a gratidão (e não espere a vida acontecer).

Você pode escolher e se achar que o que te digo e compartilho hoje é a maior baboseira do mundo, siga a vida. Não te culpo, pode ser realmente dificil colocar algo novo em prática. As vezes a razão que nos guia não nos liga emocionalmente a algo e a vida com emoção é muito mais viva e acessível, por isso é mais fácil reagir aos nossos sentimentos. Mas gratidão para ser colocada em prática é preciso um pouco mais de energia e planejamento, por isso pode ser dificil de fazer. Você já viu muitas histórias ai que foram mudadas pelas pessoas que praticam a gratidão constantemente. É um novo mundo, perfeito para fazer novas escolhas.

Caderno da Gratidão.

O melhor jeito de praticar é anotar (pelo menos é assim que não me esqueço). A cada dia anote pelo menos uma coisa a qual você foi grata, não importa quanto tempo durou. Pense sobre porque aquilo foi bom e qual foi a sensação que sentiu. Quando o dia não for dos melhores, faça um esforço para notar coisas que o façam sorrir, que te inspirem, sejam elas grandes ou pequenas.

Se essas dicas não funcionam para você, talvez você tenha outra maneira de praticar gratidão. Seja o que for que você escolher, deve fazê-lo com consiência e eu aposto que vai fazer a diferença em sua vida. Como você encontra a gratidão nos momentos difíceis da vida? Compartilhe comigo nos comentários! 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s