Faça um escândalo.

Depois de 29 anos, comecei a presenciar quase todos os dias cenas absurdas de assédio. Nunca tinha me acontecido, até então me considerava sortuda por não ter passado por essas situações, mas tudo mudou a 4 meses: Casei e vim morar em Campo Grande, aqui é negócio é escroto mesmo, ao menos é o que parece. Não teve um dia que coloquei o pé pra fora de casa que não sofri um tipo de abuso: buzinadas, ´´cantadas´´ do nível daquela música deu onda (qualquer um consegue ver o absurdo que é aquela letra).

boca-fechada
Nós mulheres, todas vocês, mães, irmãs, primas, filhas, sobrinhas, não importa qual seu parentesco, mas nós precisamos fazer um escândalo, não importa o tamanho do abuso, a gente precisa abrir o berreiro, precisa lutar e EU NÃO ESTOU LOUCA, NEM PARANOICA, esses abusos são horríveis e me paralisaram, assim como acontece com muitas de nós.
Quando nós somos vitimas desses caras nojentos que acham que o cérebro fica no pau e perdem a noção do absurdo, nós precisamos fazer um chilique, precisamos fazer um barraco, movimentar a cidade inteira.
Eu fui seguida na rua duas vezes pelo mesmo cara, em dias diferentes, em um intervalo de semanas. Da primeira vez eu estava caminhando na praça aqui do lado da minha casa, ou seja, estava me exercitando ao ar livre, e esse cara deu a volta na quadra e voltou 3 vezes, todas as vezes me encarando de um jeito muito nojento.
Da segunda vez eu fui seguida indo a papelaria em uma rua movimentada, quando estava parando na esquina para atravessar, esse cara virou com sua moto vermelha quase me derrubando na rua e ficou olhando para trás, continuei meu caminho e quando vi esse cara tinha voltado e não sei como não deu de cara do poste porque virava a cabeça para ficar me encarando e isso se repetiu por mais 3 vezes, até que encontrei uma papelaria e consegui me livrar desse escroto. Essa foi a pior situação que tive que passar.
Eu travei, meu único pensamento era (sempre é) como ia me proteger para não ser estuprada, como vou poder sair na rua porque preciso para dar andamento na vida e não tenho guarda costas, por isso o povo todo que tenha sensibilidade e noção do absurdo não deixe que isso prossiga faça sua parte, faça um escândalo em casa, nos hits, com irmãos, pais, tios, primos, oriente, lute, nos ajude, se ajude. Não deixe as brechas quietas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s